Comunidade Católica de Língua Portuguesa_Mainz

Portugiesisch Sprechende Katholische Gemeinde_Mainz


Deixe um comentário

Encontros

Todos nós temos a experiência de que os dias não são todos iguais. Por isso nos recordamos de coisas passadas há muitos anos e, por vezes, até temos dificuldade de lembrar o que aconteceu na semana passada. Há momentos, horas, dias que mudam a nossa vida. Muitos deles ligados ao encontro com pessoas… há pessoas que nos marcam.
O Evangelho de hoje relata um encontro de Jesus com um Leproso, homem excluído e marginalizado no Israel daquele tempo… visto como pecador e abandonado por Deus, impedido do contacto direto com as ouras pessoas… impuro. Jesus passa na sua existência, contra tudo e contra todos o homem aproxima-se, o encontro acontece, Jesus estende-lhe a mão e a doença desaparece. Dizer que a doença desaparece significa afirmar que tudo o que na sua condição o impedia de viver está ultrapassado… já não é mais o maldito pelos homens ou o desgraçado (porque sem a graça de Deus).
Duas pistas ficam hoje para nós. Primeira, porque razão, tantas vezes, condenamos sem conhecer, ajuizamos e provocamos prejuízo? Porque é que preferimos a distância ao “estender a mão”? Se Jesus não discrimina porque é que o fazemos? Não será melhor acolher os que, honestamente, querem vir ao nosso encontro? Segunda, será que já nos encontrámos verdadeiramente com Cristo? Que Ele passa nas nossas vidas não tenho dúvidas, que Ele está com cada um de nós em particular, também não… mas, será que estamos nós com Ele? Por onde anda(m) o(s) nosso(s) interesses?

P.e Rui Barnabé


Deixe um comentário

Agenda

11.02.18 Domingo 6 do Tempo Comum

Missa: 10.00h (Antonius-Kapelle):

Catequese Infantil_3.º Ano: Festa da Luz.

11.30h: Catequese Infantil (C. Paroquial e Antonius-Kapelle)

15.30h: Leitores: Encontro com Formação (Centro Paroquial)

12.02.18

Segunda-feira da Semana 6 do Tempo comum                               (Mc 8, 11-13)

11.11h: Café Comunitário aberto (até às 18.11h)

13.02.18

Terça-feira da Semana 6 do Tempo comum                                    (Mc 8, 14-21)

14.02.18 Quarta-Feira de Cinzas

Missa: 19.00h (Antonius-Kapelle)

15.02.18

Quinta-feira depois das Cinzas                                                          (Lc 9, 22-25)

16.02.18

Sexta-feira depois das Cinzas                                                           (Mt 9, 14-15)

18.00h: “TugaKids”_Grupo de Dança (Centro Paroquial)

19.30h: Responsáveis dos Grupos Culturais: Reunião (Centro Paroquial)

17.02.18

Sábado depois das Cinzas                                                                (Lc 5, 27-32)

Missa: 19.00h (Antonius-Kapelle)

15.30h: Coro: Ensaio (Centro Paroquial)

16.40h: Rancho Infantil: Ensaio (Centro Paroquial)

20.00h: Rancho da Comunidade: Ensaio (Centro Paroquial)

18.02.18 Domingo 1 da Quaresma

Missa: 10.00h (Antonius-Kapelle):

Catequese Infantil_3.º Ano: Festa da Luz.

11.30h: Catequese Infantil (C. Paroquial e Antonius-Kapelle)

16.00h: Encontro de Quaresma (Centro Paroquial)

Quarta-Feira de Cinzas

Leitura I: Joel 2, 12-18 | Sl: 50 (51) 

Leitura II: 2 Cor 5, 20 – 6, 2 | Evangelho: Mt 6, 1-6. 16-18

Domingo 1 da Quaresma_Ano B

Leitura I: Gen 9,8-15 | Sl: 24 (25) 

Leitura II: 1 Ped 3,  18-22 | Evangelho: Mc 1, 12-15


Deixe um comentário

Faz sentido?

Quantas vezes, ao olhar para o sofrimento do inocente, para a desgraça do honesto ou para o sucesso do desonesto não pensámos: Onde é que está Deus? – ou – Como é que Ele permite que isto aconteça? – ou, simplesmente – Os maus safam-se sempre… Sou cristão, procuro fazer bem às pessoas (o que também implica, por vezes, dizer que, de acordo com o Evangelho, vivem de forma errada), e permaneço realista (por isso digo tantas vezes que os crentes têm que viver com os pés bem assentes na terra e com o olhar a repousar nesse horizonte maior que é Deus). Vejo mentira, injustiça, desonestidade que parecem passar impunes. Vejo sofrimento para o qual não encontro nem fundamento nem sentido. Não é possível reduzir o Tempo e a História a um conto de fadas onde os maus são punidos e os bons vivem felizes para sempre. Na minha história de fé, tive que procurar caminho para integrar esta realidade, continuando a acreditar no Deus de Jesus Cristo, sob pena de, se o não fizesse, vir a acontecer uma de duas coisas: não poderia acreditar em Deus; ou, teria que enveredar por uma fé privatista e alienada: Eu e o meu amigo Deus, sem levantar questões, sem cruzar os dois planos: Deus e Mundo (ou História).
O Livro de Job, de onde hoje é retirada a Primeira Leitura, relata uma busca de entendimento ou de sentido semelhante. A mim, pessoalmente, deu-me algumas pistas que partilho: o Deus em quem acredito é um Deus de Amor; o mal no Mundo é, frequentemente, mais provocado pela liberdade humana do que pela vontade de Deus; a injustiça, não me parece que passe despercebida, porque Deus é justo; o sofrimento do inocente será o que menos entendo… numa coisa acredito: Deus sofre, solidariamente, com o que sofre; por último, de Deus ainda não entendi tudo, por isso continuo a procurar… o que entendi, no entanto, permite-me confiar n’ Ele…

P.e Rui Barnabé


Deixe um comentário

Agenda

04.02.18 Domingo 5 do Tempo Comum

Grupo Regional de Língua Portuguesa: Dia de Formação: Wiesbaden Missa: 10.00h (Antonius-Kapelle)

05.02.18

S. Águeda, Virgem e Mártir (memória)                                             (Mc 6, 53-56)

06.02.18

S. Paulo Miki e Companheiros, Mártires (memória)                           (Mc 7, 1-13)

18.00h: Pais e Padrinhos: preparação para o Batismo (Centro Paroquial)

07.02.18

Quarta-feira da Semana 5 do Tempo comum                                   (Mc 7, 14-23)

08.02.18

Quinta-feira da Semana 5 do Tempo comum                                   (Mc 7, 24-30)

Cursos de Línguas – Semestre Primavera: abertura de Inscrições

09.02.18

Sexta-feira da Semana 5 do Tempo comum                                    (Mc 7, 31-37)

12.45h: “Mittagstisch”_Almoço Solidário (Centro Paroquial)

18.00h: “TugaKids”_Grupo de Dança (Centro Paroquial)

18.30h: Catequistas e Animadores: Reunião (Centro Paroquial)

10.02.18

S. Escolástica, Virgem (memória)                                                       (Mc 8, 1-10)

Grupo de Jovens: Festa de Carnaval

09.00h: Curso de Alemão A1 (Centro Paroquial)

15.30h: Coro: Ensaio (Centro Paroquial)

16.40h: Rancho Infantil: Ensaio (Centro Paroquial)

20.00h: Rancho da Comunidade: Ensaio (Centro Paroquial)

11.02.18 Domingo 6 do Tempo Comum

Missa: 10.00h (Antonius-Kapelle):

Catequese Infantil_3.º Ano: Festa da Luz.

11.30h: Catequese Infantil (C. Paroquial e Antonius-Kapelle)

15.30h: Leitores: Encontro com Formação (Centro Paroquial)

domingo 6 tempo comum_ano B: leituras

Leitura I: Lev 13, 1-2.44-46 | Sl: 31 (32) 

Leitura II: 1Cor 10, 31 – 11, 1 | Evangelho: Mc 1, 40-45


Deixe um comentário

Eterno

De há uma semanas a esta parte, a segunda leitura da Eucaristia tem sido retirada da Primeira Carta  aos Coríntios. Não tenho feito muitas referências a este escrito, porque tenho seguido a temática dominante das primeiras leituras e Evangelhos: a dinâmica vocacional. Penso, contudo, que o escrito de S. Paulo não nos deve passar despercebido. Isto porque a Comunidade de Corinto acaba por ter muitas semelhanças com a atualidade que vivemos. Corintoo, cidade situada na Ásia Menor (atual território da Turquia) era uma grande cidade para a época. Com um importante porto de mar, nela se cruzavam muitas culturas, maneiras de ser e de pensar. A comunidade Cristã, por seu lado, era constituída por gente de cultura grega (como a maioria da cidade), e nela se podiam encontrar algumas pessoas abastadas, mas, sobretudo, pessoas de origem mais humilde. Paulo escreve aos cristãos procurando dar um pouco mais de consistência  à vida na fé. O entusiasmo existia, mas, de facto, as dúvidas eram muitas e ser cristão numa cidade em que a maioria não o é, nunca foi fácil… Depois recordar os fundamentos da fé: adesão pessoal a Jesus Cristo e prática de vida de acordo com essa adesão selada pelo Batismo, o Apóstolo apresenta o critério fundamental na hora de tomar decisões: primeiro o que é eterno! Dezasseis séculos depois, Teresa de Ávila retomará a mesma ideia: tudo passa, só Deus permanece…

P.e Rui Barnabé


Deixe um comentário

Agenda

28.01.18 Domingo 4 do Tempo Comum

Missa: 10.00h (Antonius-Kapelle). No final: Coleta em favor da APARF.

11.30h: Catequese Infantil (Centro Paroquial e Antonius-Kapelle)

18.00h: ACK: Oração pela Unidade dos Cristãos (Igreja dos Carmelitas)

29.01.18

Segunda-feira da Semana 4 do Tempo comum                                 (Mc 5, 1-20)

30.01.18

Terça-feira da Semana 4 do Tempo comum                                    (Mc 5, 21-43)

31.01.18

S. João Bosco, Padre, Fundador Ordem (memória)                          (Mc 6, 1b-6)

01.02.18

Quinta-feira da Semana 4 do Tempo comum                                     (Mc 6, 7-13)

02.02.18 Apresentação do Senhor (Festa)

Missa: 19.00h (Antonius-Kapelle)

18.00h: “TugaKids”_Grupo de Dança (Centro Paroquial)

20.00h: Conselho Comunitário: Reunião

03.02.18

Sábado da Semana 4 do Tempo comum                                         (Mc 6, 30-34)

Missa: 19.00h (Antonius-Kapelle)

09.00h: Curso de Alemão A1 (Centro Paroquial)

15.30h: Coro: Ensaio (Centro Paroquial)

16.40h: Rancho Infantil: Ensaio (Centro Paroquial)

20.00h: Rancho da Comunidade: Ensaio (Centro Paroquial)

04.02.18 Domingo 5 do Tempo Comum

Missa: 10.00h (Antonius-Kapelle)

Grupo Regional de Língua Portuguesa: Dia de Formação: Wiesbaden

Apresentação do Senhor_Festa

Leitura I: Heb 2, 14-18 | Sl: 23 (24) 

Evangelho: Lc 2, 22-40

Domingo 5 do Tempo Comum_Ano B

Leitura I: Job 7, 1-4.6-7 | Sl: 146 (147) 

Leitura II: 1Cor 9, 16-19.22-23 | Evangelho: Mc 1, 29-39